Confira!


"Acabei de fazer matrícula na faculdade, e agora?". É possível que você tenha chegado à faculdade assim que nem eu, sem saber muito bem como as coisas iam acontecer quando as aulas começassem. Eu estou fazendo o curso que sempre quis, e amo de verdade, mas minha adaptação foi muito difícil, porque eu simplesmente não sabia nada sobre o mundo acadêmico. E um dos maiores problemas foi relacionado às leituras obrigatórias, com as quais eu tive que aprender a lidar. Falei um pouquinho sobre isso no vídeo abaixo, que foi um dos primeiros no canal:


Mas chega de enrolação, e vamos ao que interessa.
Dependendo do curso que você vai fazer na faculdade, você provavelmente vai ler muito. Não interessa se o curso é de exatas, de humanas, de biológicas, ou seja lá o que for: você sempre vai ter alguma coisa pra ler. O meu primeiro período foi assim: disciplinas teóricas, fichamentos, resenhas, resumos, um texto por semana em várias disciplinas, muita xerox e idas à biblioteca, além do meu primeiro artigo científico, que veio para fechar o semestre com chave de ouro.
Eu passei por bastante estresse para me acostumar com tudo isso, e tive que me virar de qualquer jeito para aprender a aproveitar o meu tempo da melhor forma, e havia dias em que entrava em desespero achando que não tinha tempo para fazer tudo. Mas eu sempre via que tinha tempo sim, e ainda conseguia continuar me divertindo.

Antes de chegar às dicas, vou explicar algumas coisinhas:

Fichamentos, resumos e resenhas: talvez você terá que fazer vários, ou por obrigação, ou para poder fixar na mente o que estudou. Os três são textos que você fará a partir das suas leituras, com a diferença de que na resenha, haverá opinião crítica e juízo de valor, enquanto no fichamento e no resumo você tentará ser o mais objetivo possível. Não existe receita de bolo para fazer isso. Cada professor pode exigir um modelo diferente, ou você pode criar o seu próprio. Talvez você tenha que fazer fichamentos, resumos e resenhas para entregar como parte das avaliações, ou talvez você apenas sinta a necessidade de fazer isso para se lembrar melhor do conteúdo. Eu procuro fazer resumos do que leio, mesmo quando não é obrigatório; deixo tudo registrado no meu fichário, e uso para poder estudar depois.

Xerox, muita xerox: se prepare, pois sua carteira vai sangrar! Você vai ter que tirar muitas cópias, e não estou falando de uma ou duas páginas por dia, mas de textos com pelo menos dez páginas. Então eu aconselho a separar um pouco de dinheiro só para isso todo mês. Para evitar os gastos, tente baixar os textos/livros em pdf, ou, quando possível, pegá-los na biblioteca da sua faculdade. Isso vai te ajudar muito.

Para ler melhor:


1- Tenha um lugar sossegado: Com a faculdade, acabei descobrindo que se temos pouco tempo, e precisamos fazer uma leitura mais profunda e atenciosa, é muito mais fácil nos distrairmos. Pode ser o irmão mais novo brincando, a mãe assistindo novela, o vizinho com mau-gosto ouvindo música, etc. Tente se afastar disso, se tranque no seu quarto, e procure acalmar o ambiente para poder estudar. Ter o apoio de quem mora com você também é interessante. É muito legal quando seus parentes ou colegas de apartamento entendem que você precisa de paz para estudar.

2- Fique longe do celular e do computador: Aprendi isso da pior maneira, então eu considero essa uma das dicas mais importantes. Sempre que eu ia estudar, deixava o celular conectado, ou então ficava com o computador à vista, e me distraía. Mensagem chegando no WhatsApp, notificações no Facebook, aquela vontade de ir ver se tinha comentários novos no blog. Eu perdia tempo com tudo isso, e acabava não me concentrando o suficiente na leitura. Podia até terminar de ler, mas não prestava atenção, então não adiantava. E quando os textos eram em pdf, era pior ainda, porque eu estava ali de frente pro computador, com milhares de coisas muito mais divertidas para fazer. Um dia, acabei tomando uma medida drástica contra isso: desliguei o wi-fi, e o mantive desligado até terminar. Não só consegui ler o texto muito mais rápido do que esperava, como também fiz o fichamento. Depois, religuei para poder voltar a me divertir. Eu faço isso quando sinto que preciso, e sempre funciona.

3- Tente definir um horário: Talvez isso seja mais difícil se você tiver um horário muito incerto, se seu curso for integral ou se você trabalhar no turno contrário ao da faculdade. Mas pra mim, que encaro nada disso, até que é tranquilo. Eu estabeleci uma meta para mim, que seria a seguinte: só passo a noite acordada, se for me divertindo. Portanto, eu faço o possível para não deixar as obrigações da faculdade para última hora, e nunca fiquei até de madrugada fazendo trabalhos ou estudando para provas. Essa é uma decisão minha. Eu preciso acordar muito cedo, então minhas poucas horas de sono são preciosas. Por isso, defini a tarde como horário ideal para leituras, trabalhos, fichamentos, resumos, resenhas, e seja lá o que for. Fico no máximo até as 21h, e paro pra descansar.

4- Ter um dicionário por perto: Textos acadêmicos quase sempre estarão cheios de palavras formais e "difíceis", e entender o que elas significam pode tornar a leitura menos confusa.

5- Marcar trechos importantes: Eu nunca deixo de fazer isso. Não só por causa do momento da leitura em si, mas também porque pode ser útil depois, na hora de fazer o fichamento/resumo/resenha, na hora de estudar para a prova, ou mesmo se você precisar citar algo em um trabalho, como um artigo. Para isso também não tem receita. Antes das aulas começarem, comprei um marca-texto, mas ele acabou tão rápido e custou tão caro, que não quis outro. Então passei a usar canetas ou lápis para isso, que duram muito mais e têm o mesmo efeito de destaque.

6- Saber qual a sua prioridade: Como eu disse antes, no primeiro período precisei ler muito. Quase todas as disciplinas tinha leitura obrigatória, e eu tinha que me virar. Então estabeleci um critério de prioridades: lia primeiro aquilo que seria cobrado primeiro. Se hoje é segunda e a próxima aula que cobrará uma leitura é na quarta, então o texto para sexta pode (e deve) ficar para depois. Eu sei que parece óbvio dizer isso, mas é importante.

7- Níveis de dificuldade: Cada disciplina, ou cada assunto, poderá ter textos mais ou menos difíceis do que os outros. Aqueles que sempre me preocupavam, e que eu tinha mais dificuldade de entender eram os de Cultura Brasileira e Sociologia. Enquanto outros, como os de Redação e Expressão e Teorias do Jornalismo, eram bem tranquilos e eu até gostava de ler. Dependendo da sua grade e das disciplinas que você estiver fazendo no período do seu curso, pode haver uma grande diferença entre os assuntos dos textos.

8- Discutir o texto: Formar um grupo de estudo com colegas de turma talvez ajude. Vocês podem ler juntos e depois discutir sobre partes do texto, comentando o que entenderam (ou não). De vez em quando, eu e meus amigos da faculdade fazemos isso, e tudo fica muito mais fácil.


Enfim, é isso. Espero que esse post possa te ajudar, principalmente se você acabou de começar a faculdade, ou se tem problemas para se concentrar. Se você também tiver alguma dica, não deixe de comentar!

Por: Lethycia Dias

8 Comentários

  1. Adorei! é muito importante a pessoa se organizar e organizar os horários para estudar. Na correria que é minha vida,tenho que ter um horário bem definido e rígido para poder administrar tudo. A correria contra o pouco tempo em ler textos acadêmicos, estudar para o teste do curso de idioma, ler textos científicos, elaborar resenhas e tudo mais,tudo isso no começo me deixou maluca.Então, Procurei fazer um programa onde tenho dias e horas para estudar para uma determinada determinada matéria etc. O lugar onde você precisa fazer a leitura também ajuda muiti.Se desligar do mundo virtual e literalmente "meter a cara nos livros"é uma opção inteligente que ajuda bastante. Muito Bom suas dicas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exatamente!
      Meu horário não é tão apertado assim, e o curso não é tão rígido, mas eu senti muito a diferença, porque o Ensino Médio não exige tanto, e eu não fazia ideia de que as coisas seriam assim. Aos poucos, fui inventando meu jeito. Fico feliz de ter ajudado!

      Excluir
  2. pior é quando o professor quer a leitura de um texto em inglês e você tem que se virar... Sofri muito com isso no começo porque não conseguia ler no ônibus, tinha pouco tempo em casa, na faculdade também não sobrava tempo... Mas consegui me organizar e estou até orgulhosa que tenho uma prova terça feira e a matéria está toda bonitinha em dia. Em compensação o blog, coitado, vive atrasado... Mas é assim mesmo, às vezes chega a hora de priorizar. Poxa, esperava encontrar uma receita mágica para fichamentos e resumos, eu demoro meia eternidade até terminar os meus, aí quero desenhar, enfeitar, colocar detalhes e acaba ficando maior que o livro (ou a cópia dele).

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nossa! Ainda bem que eu nunca tive que ler um livro em outro idioma na faculdade. Mesmo tendo certo conhecimento em Espanhol, a falta de prática me deixa com muitas dificuldades...
      Ahh, é muito bom quando a gente vê que deu conta de tudo, né? Quando eu termino o dia sabendo que consegui fazer as coisas que programei, já fico feliz, e conseguir adiantar algo dos outros dias já é um brinde!
      Sinto muito por não ter ajudado com fichamentos e resumos, mas fico feliz que tenha gostado do post.

      Excluir
  3. Olá!!
    Com certeza as suas dicas vão ser úteis para mim. Entrei esse ano na faculdade de Direito, então, são só livros! Hahahah

    Beijão
    Leitora Cretina

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Então meu post veio na hora certa, hein!
      Meus parabéns pela aprovação no curso, espero que você se saia bem. Agradeço pelo comentário!

      Excluir
  4. Que ótimas dicas. Obrigado Lethycia, este post ficou muito bom. Boa sorte em seus estudos, logo nos veremos pelos corredores.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Lucas. Agradeço pelos comentários e elogios. Te desejo muito sucesso também, e que goste do curso.

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Entre em contato conosco!

Nome

E-mail *

Mensagem *

Veja quem me segue:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...