Confira!


Hoje é dia de acordar tarde porque não tem aula. É dia de comer muito doce. É dia de sair pra passear no parque de diversões, no parque aquático ou na praia. Hoje é o Dia das Crianças, e eu não poderia deixar a data passar em branco aqui no blog!
Juntando a ocasião especial de hoje com a Sessão 10, uma coluna de listas, decidi mostrar abaixo dez livros infanto-juvenis que eu já li e indico. Imagino que alguns dos livros seriam lidos por crianças de até doze anos, enquanto outros podem ser lidos também por "gente grande" como eu. Mas, se você já não é mais criança, não pare de ler aqui! Os livros que vou indicar podem ser lidos pelo seu irmão menor, pela sua prima, pelo seu filho, e talvez até você já tenha lido ou queira ler alguns. Por isso, leia até o final para conhecer minhas indicações!

10 livros para crianças (ou para adultos que curtem o gênero!)


A leitura, para mim, começou na infância. Os primeiros livros que li foram os contos de fadas mais conhecidos (Cinderela, Branca de Neve, Pinóquio, Os Três Porquinhos, etc.) em um kit de doze livros adaptados para crianças, que meu pai comprou para mim assim que eu fui alfabetizada. Não, eu não fui essa devoradora de livros desde sempre, mas tenho a lembrança de que a leitura sempre fez parte da minha vida. Posso não ter lido muitos livros antes dos dez anos de idade, mas li a maior quantidade de gibis da Turma da Mônica que pude.
Meus pais sempre incentivaram essa leitura, e graças a isso, eu cresci sabendo que podia ler o quanto eu quisesse e o que eu quisesse, pois eles nunca me fizeram restrições. Quando tive interesse em ler com mais frequência, o amor pelos livros se desenvolveu mais ainda, e hoje é uma coisa que não posso abrir mão na minha vida. Por isso, eu sei a importância de se ler desde criança.
Então, se você é criança e procura por indicações de livros; se você tem um(a) filho(a), irmã(o), primo(a) ou sobrinho(a) e quer incentivá-lo(a) a ler, confira os títulos abaixo:

1- Bisa Bia, Bisa Bel - Ana Maria Machado

Talvez muita gente tenha lido esse livro na escola. Bisa Bia Bisa Bel é a história de uma menina chamada Isabel que um dia encontra um retrato de sua bisavó, chamada Bia, que viveu em outro tempo e com costumes completamente diferentes. Isabel guarda o retrato, e a partir daí passa a conversar e conviver com sua bisavó que nunca conheceu (e essa parte, você pode interpretar se acontece mesmo ou se é apenas a imaginação de uma menina solitária).
Esse é um livro que li muitas vezes quando era pequena, e que sempre me encantou por nos dar a oportunidade de imaginar um pouco como viviam as pessoas décadas atrás. Eu me perguntava como a bisavó do retrato podia ser capaz de conversar com a menina, e me divertia com as diferenças entre elas.
Esse talvez seja um livro próprio para crianças menores, entre os 7 e os 10 anos.

Onde comprar: Amazon | Submarino | Walmart

2- O mistério do cinco estrelas - Marcos Rey

Esse, eu tenho certeza de que muita gente leu! O mistério do cinco estrelas é parte da Coleção Vaga-Lume, que foi lida por muita gente dos anos 1970 a 1990, e até algumas pessoas da minha geração chegaram a conhecer. É a história de Leo, um garoto que trabalha em um grande hotel, no qual acontece um assassinato. Leo é a única pessoa que vê o corpo, e está disposto a colaborar com as investigações, mas ninguém além de seus amigos acredita nele. E com isso, ele mesmo acaba despertando suspeitas da polícia.
Ganhei um exemplar desse livro aos quinze anos, quando minha tia me deu vários livros que já não eram lidos por ninguém e que estavam pegando poeira nas estantes da casa da minha avó. Antes de mim, ele pertenceu ao meu primo Lucas. Li o livro inteiro em uma tarde só, me divertindo muito com as trapalhadas do Leo. Talvez seja uma boa leitura para quem tem entre 10 e 14 anos.

Onde comprar: Amazon | Americanas | Fnac | Submarino

3- A bolsa amarela - Lygia Bojunga

Esse talvez seja um livro para crianças um pouco maiores, a partir dos doze anos, e pode ser lido também por adolescentes. Isso porque me lembro de ser um livro um pouco maiorzinho, que talvez agrade mais a quem já tem o costume de ler.
É a história de uma menina que encontra uma bolsa amarela cujo tecido pode ser esticado. E então, ela passa a guardar na bolsa tudo o que quiser, incluindo um galo e três desejos reprimidos: o de crescer, o de ser um menino e o de ser escritora. Muitos dos acontecimentos da história são fantásticos, mas outros refletem algumas questões típicas das relações familiares, pois, na época em que foi escrito, crianças não costumavam ter suas opiniões e vontades levadas a sério. Por isso, pode ser também uma boa leitura para adultos, que devem observar esses elementos.

Onde comprar: Amazon | Saraiva

4- O diário de um banana - Jeff Kinney

Diferente dos livros que apresentei antes, esse é um livro relativamente atual, que faz parte de uma série que começou a ser publicada no Brasil em 2007. É o diário (ou melhor, o livro de memórias, porque "é só na capa do caderno que diz 'diário'") de Greg Heffley, um garoto que está entrando no Ensino Fundamental e cujo maior desejo é ser popular no colégio. Por isso, o que ele menos quer é passar vergonha, ainda mais na frente das garotas. Além disso, ele está sempre em pé de guerra com seu irmão mais velho Rodrick, e vendo a preferência de seus pais pelo caçula Manny. Para Greg, tudo está sempre dando errado, mesmo quando ele tenta planejar as coisas de forma que tudo aconteça como ele queria. Por isso mesmo, é uma ótima fonte de risadas. O livro está repleto de ilustrações e costuma ter pouco texto nas páginas, em fonte que imita caligrafia. É um livro que pode ser lido rapidamente por crianças a partir dos 8 anos e até por adolescentes.
Hoje, a série O diário de um Banana conta com 10 livros e vários spin-offs, e até um filme baseado no primeiro livro já foi lançado.

Onde comprar: Amazon | ExtraSaraiva

5- Pollyana - Heleanor H. Porter

E voltamos aos livros antigos, porque esse tem pouco mais de um século, mas isso não faz com que a leitura seja difícil. Pollyana é uma menina órfã que vai morar com sua tia Polly, uma verdadeira megera. A tia é mal-humorada, não gosta nem um pouco de crianças e não dá nenhum afeto para a menina. Mas Pollyana conhece o Jogo do Contente, que consiste em procurar motivos para ficar contente, por mais que as coisas estão ruins. E quanto mais chata, triste ou difícil for a sua situação, mais divertido é quando a pessoa encontra o motivo para ficar contente. Com sua personalidade, Pollyana acaba conquistando o carinho de todos na cidade, inclusive sua tia, que parecia ser a última pessoa disposta a querer brincar com ela.
Li esse livro quando tinha 16 anos, e achei tão divertida a brincadeira que me apaixonei pela história. Acredito que esse livro também pode ser lido por pessoas de todas as idades.

Onde comprar: Amazon

6- Harry Potter e a Pedra Filosofal - J. K. Rowling

Creio que todos já conhecem por alto a história do menino órfão que descobre ser um bruxo e vai estudar em Hogwarts, onde descobre a verdadeira história de seus pais e faz amizade com Rony e Hermione.
Inicialmente, os livros de Harry Potter foram escritos para crianças e eram considerados como literatura infanto-juvenil. Embora, com o passar do tempo, a saga se torne bastante adulta, sombria e séria, os três primeiros livros da (A Pedra Filosofal, A Câmara Secreta e O prisioneiro de Azkaban) são bastante apropriados para crianças, pois são histórias sobre amizade e união.
Creio que os livros possam ser lidos a partir dos dez anos, e no caso das crianças, as demais histórias devem acompanhar o crescimento e amadurecimento.

Onde comprar: Amazon | Americanas | Fnac | Livraria da Folha | Saraiva

7- Luna Clara e Apolo Onze - Adriana Falcão

Esse é um daqueles livros voltados para crianças, mas que geram encantamento e diversão em adultos. E é uma história singular. Duas cidades de nome parecido: Desatino do Norte e Desatino do Sul. Em uma delas, vive Apolo Onze, que tem um monte de irmãs, cada uma com um nome mais estranho que a outra. Na outra cidade, vive Luna Clara, que espera pela chuva, pois não chove há treze anos, desde que seu pai Doravante se foi.
É com certeza um dos livros mais encantadores que já li. A história está repleta de elementos fantásticos, e prova que as coisas não precisam fazer sentido para acontecerem. 
Pode ser lido por crianças a partir dos dez anos.

Onde comprar: Amazon | Saraiva | Submarino

8- Doze horas de terror - Marcos Rey

Outro livro de Marcos Rey. Foi o primeiro que li do autor, e fiquei fascinada pela história. O personagem principal é um rapaz do interior, que acaba de se mudar para a cidade grande, onde seu irmão já vivia. É chegando na casa do irmão Miguel que Julio percebe que algo errado está acontecendo: tudo está revirado. Alguém telefona, e é Ruth, a namorada de seu irmão, que o alerta para ir embora. Julio não conhece a cidade e mais ninguém além de seu irmão, e nas doze horas seguintes, só vai poder contar com Ruth enquanto vive diversos perigos.


9- O jardim secreto - Fnces Hodgson Burnett

Esse livro tem aproximadamente a mesma idade de Pollyana, e já foi adaptado para o cinema em 1993. Assisti ao filme na semana passada, e posso dizer que foi bastante fiel ao livro.
É a história de Mary Lennox, uma menina filha de ingleses que vive na Índia e é completamente ignorada por seus pais. Mary é mimada e mandona e não tem nenhuma companhia além de sua babá. Quando seus pais morrem, ela é enviada para morar com seu tio na Inglaterra, numa casa enorme. Seu tio é um homem recluso e muito solitário, que também não lhe dá muita atenção. Mary tem de aprender a se virar sozinha, numa casa onde os criados não estão dispostos a fazer todas as suas vontades. Ela se torna amiga de Dikon, irmão de uma das criadas, e os dois descobrem juntos O Jardim Secreto, que permanece fechado há muito tempo e onde ninguém podia entrar. Os dois também fazem amizade com Colin, o primo de Mary, que todos acreditam ser muito doente.
Se eu não me engano, tinha cerca de doze anos quando li esse livro, e é uma história muito bonitinha. Recomendo para crianças um pouco mais crescidas, e também para adolescentes.


10 - Coraline - Neil Gaiman

Talvez esse livro seja mais recomendado para crianças um pouco mais maduras, e sobretudo aquelas que se interessam por histórias de terror, porque muita gente tem medo da animação inspirada nesse livro.
Coraline é uma menina que se muda com os pais para uma velha casa dividida em várias partes que são alugadas. Ela é uma menina solitária e não tem muita coisa para fazer nesse lugar. Um dia, enquanto brincava de contar todas as portas da casa, acaba encontrando uma portinha curiosa em um dos cômodos, e ao abri-la, acaba indo parar em um mundo fantástico, onde tudo é do jeito que ela gostaria que fosse na realidade. Seus pais nesse mundo são muito mais legais, e é lá que ela quer viver. E eles também querem que ela fique por lá, e vão tentar obrigá-la a isso.

Onde comprar: Amazon | Extra | Livraria da Folha | Saraiva


E então, o que acharam da seleção? Os livros que escolhi foram alguns dos que li e que mais me marcaram, dos quais me lembro até hoje. Eu tenho, inclusive, o desejo permanente de reler alguns. No caso de Harry Potter e Luna Clara e Apolo Onze, já estou encaminhando as coisas...
Mas e você? Ficou com vontade de ler algum dos livros? Já leu ou ouviu falar de alguns deles? Comente abaixo, e não deixe de aproveitar o Dia das Crianças!

Por: Lethycia Dias

4 Comentários

  1. Que lista mais fofinha!!! Quando eu era criança tinha mania de reler os meus livros favoritos. Já perdi as contas de quantas vezes li Pollyanna e A Bolsa Amarela. Harry Potter só li depois de grande, então ainda não reli. A Bolsa Amarela eu pegava da biblioteca da escola sempre, adorava esse livro! Até fiz uma análise literária para a escola sobre ele. Pollyanna foi um dos poucos livros que a escola me obrigou a ler que eu gostei. Agora quero ler O Jardim Secreto e Coraline, que eu vi a animação e amei!!
    Beijos e feliz dia das crianças!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ownnn, que gracinha!
      Não coloquei nessa lista "O fantástico mistério de Feiurinha" porque vivo falando dele e achei que seria repetitivo, mas esse é definitivamente o livro que li mais vezes enquanto era criança, e digo que nunca vou me cansar da história! kkkkkk
      Então, eu também já era crescida quando li HP(13 anos), e tenho muita curiosidade de saber como é pra quem conheceu ainda na infância. Leia sim O Jardim Secreto e Coraline, eu amo os dois, e amo os filmes também! <3

      Excluir
  2. Adorei a lista, sou apaixonada pelo livro O Jardim Secreto!!! Li quando era pequena e pretendo reler um dia rs... Quanto a Harry Potter nem comento, porque ainda espero minha carta kkkk... Post maravilhoso, parabéns! ;)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mas que gracinha! Esses livros que a gente leu quando criança sempre acabam virando boas lembranças, né? Haha, também espero minha carta! kkkk

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Entre em contato conosco!

Nome

E-mail *

Mensagem *

Veja quem me segue:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...