Confira!

TAG: Dia e Noite

No mês passando, quando eu ainda estava atualizando as resenhas dos livros que li enquanto viajava, fui indicada pela Helena Machado do Leituras e Gatices para responder à TAG Dia e Noite. Levei um tempinho para me organizar, mas aqui estou eu para trazer as minhas respostas.
Essa TAG é um tanto diferente de outras que são respondidas em blogs literários, porque não necessariamente segue um tema ou pede indicações de livros. Além disso, ela é estruturada em forma de acróstico. Observe, e você vai entender:


D- Durante o dia ou a noite?
Minha regra geral é ler quando tenho tempo. Às vezes é aquela meia horinha livre que a gente tem antes de sair de casa, às vezes é o tempo no ônibus enquanto vou pra faculdade ou mesmo aqueles cinco minutos enquanto o professor chega na sala e começa a se organizar. Mas em geral, eu prefiro ler durante o dia, de preferência em algum lugar calmo e bem iluminado.

I- Indique um livro que mudou seu ponto de vista sobre algo:

1984, de George Orwell
Distopias costumam fazer isso com a gente. 1984 foi a primeira que eu li, e além de ter me introduzido nesse universo, abriu minha mente para questões que são pertinentes até hoje. Acredito até mesmo que esse livro influenciou muito na minha maneira de compreender a Comunicação, que é o que eu estudo na faculdade. Só para dar um exemplo, vou citar aquela famosa frase que diz que "A História é contada pelo ponto de vista dos vencedores"; acontece coisa semelhante no livro: os livros de História estão sempre sendo modificados de acordo com o que é conveniente para o grupo instituído no poder, a fim de justificar suas ações despóticas. Curioso, não? Esse livro está na minha lista de melhores da vida, e recomendo para todo mundo.

A- Alguma vez você já derramou algum líquido em um livro?
Infelizmente sim, e pior ainda, foi num livro de outra pessoa! Sempre fui muito cuidadosa com meus livros e mais ainda com os de outra pessoa, mas ao mesmo tempo sou muito desastrada. Uns dois anos e meio atrás, eu estava lendo A guerra dos tronos emprestado por um colega da escola. Estava lendo na sala de espera do cursinho pré-vestibular, com um copo d'água em cima da mesa. Sem ver, mexi o braço de forma brusca e derrubei o copo. A água se espalhou pela mesa toda e molhou parcialmente o livro. Na mesma hora eu sequei com folhas arrancadas do meu próprio caderno, e só por isso ele não foi danificado. Mesmo assim, fiquei bem triste e contei tudo ao dono, pedindo desculpas.

E- Existem pessoas que não gostam de ler. Isso é positivo ou negativo?
Com certeza, negativo. Não falo apenas de ler literatura, mas de ler qualquer tipo de texto. Nós vivemos na chamada "Sociedade da informação". Tudo exige leitura. Até mesmo aquela foto que o famoso postou no Instagram contando alguma coisa sobre a sua vida; para entendê-la, você precisa ter a paciência de ler o texto até o fim. Quem faz faculdade, precisa não só ler os "textões" do ENEM, mas também ler diversos livros e textos durante toda a graduação, mesmo que não esteja fazendo um curso na área de Ciências Humanas. Quem trabalha na frente de um computador, fazendo seja lá o que for, lê o tempo inteiro.
Sem falar que a leitura traz diversos benefícios: aumento da capacidade de interpretação de texto, melhoria do vocabulário e da dicção, melhor adaptação ao uso da linguagem em diversas situações, exercício do senso crítico, possibilidade de manter-se informado, além de reduzir drasticamente as chances de se desenvolver doenças degenerativas, como alzheimer. Então, é muito importante ler, nó non?

N- Ninguém encosta no meu livro X Eu empresto sem nenhum problema:
Como sou uma pessoa que já leu muitos livros emprestados, considero muito egoísta a atitude de não emprestar. Eu empresto sim meus livros, desde que já conheça bem a pessoa e saiba que ela vai ser responsável e me devolver como eu entreguei.

O- Oficialmente autografado: mostre sua cópia!

Repare, no canto inferior direito, no meu nome em Evit Lumarsha
Tenho alguns livros autografados (nenhum deles de autores famosos, ok? Ainda não to podendo ostentar desse jeito!). Um dos que eu tenho mais carinho é Enfynie, da Patricia Fagundes, autora parceira do blog. Como a história acontece em "outro planeta", digamos assim, ela criou um idioma inteiro, incluindo sons, sinais gráficos e regras gramaticais, o Evit Lumarsha. E ela teve o carinho de escrever o meu nome na língua que inventou! Achei isso sensacional!

I- Ilustração ou não?
Essa pergunta na verdade devia ser "Ilustração: sim ou claro?", porque não conheço ninguém que não goste de ilustrações. E eu respondo claro que sim! Não tenho muitos livros ilustrados, mas tenho grande admiração pelo trabalho de quem faz com que eles fiquem tão lindos. Um dos meus ilustrados que eu mais gosto é Luna Clara e Apolo Onze, que tem desenhos muito delicados.

Acho que essa imagem foi um spoiler, mas o título já leva a gente a imaginar e esperar por isso.

Essa aqui é cheia de referências literárias! Você reconhece alguma delas?

T- Tenho muitos livros. Verdadeiro ou falso?
Verdadeiro. Na última vez que contei, e isso foi quando montei minha estante, eram 276. Eu doei e troquei alguns, mas logo depois comprei outros, então acredito que o número não deve ter variado tanto. Quase 300 livros é muita coisa!

Estante cheia!

E- Escolha o seu maior livro, que tenha sido uma barganha:

Os Pilares da Terra, de Ken Follet

Essa pergunta é bem confusa, então escolhi um livro ao mesmo tempo grande e que paguei barato. Os Pilares da Terra é um verdadeiro "livrão da porra", tanto por ser enorme, quanto por ser muito bom. Ele costuma ser vendido por pelo menos R$ 50,00, e ano passado eu consegui comprá-lo por R$ 26,00 numa promoção do Submarino. Ainda estou aguardando uma oportunidade de reler!


Enfim, é isso. Essas foram minhas respostas. E aí, o que você achou? Ficou surpresa(o) com minhas respostas? Gostou das fotos? Estou tentando melhor o uso de fotografias aqui no blog. Não deixe de comentar abaixo, pois sua opinião é muito importante pra mim!
Como a vida anda corrida, não vou marcar ninguém. Caso você também tenha um blog, canal ou instagram literário, sinta-se à vontade para responder.


Por: Lethycia Dias

4 Comentários

  1. Olá
    Adoro essa tag e adorei suas respostas. Quero responder ela em breve. Adorei seu livro autografado e o fato da autora ter criado toda uma linguagem nova pra ele.

    Vidas em Preto e Branco

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Lary!
      Seja bem-vinda ao Loucura Por Leituras, eu fico muito feliz com seu comentário por aqui.
      Achei muito carinhoso da parte dela, sabe? Quando abri o pacote e vi tudo que ela tinha preparado, fiquei mega feliz! E amei o livro, é muito bom mesmo!

      Excluir
  2. Quase 300 livros!! Quem diria que a menina que não tinha os livros favoritos em tão pouco tempo abarrotaria uma estante!! Parabéns pela conquista!! E que venham muitos e muitos mais! Amei suas resposta!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, eu também me impressionei quanto contei. E eu nem tinha planejado isso, só contei mesmo porque meu irmão tava todo impressionado com quantidade quando eu tirei todos do quarto, e tava mostrando pra alguém, aí ele me perguntou quantos eram! kkkk
      Muito disso se deve ao consumismo. Compras demais feitas em pouco tempo.
      Muito obrigada, e desejo o mesmo para você!

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Entre em contato conosco!

Nome

E-mail *

Mensagem *

Veja quem me segue:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...