Confira!




Depois de quase um mês lendo O Festim dos Corvos, quarto volume da série As Crônicas de Gelo e Fogo, cuja resenha saiu no último post, é claro que ainda estou muito envolvida na história. Certas frases da narração dos capítulos ou ditas de um personagem para outro tornaram-se marcantes para mim, e por isso decidi fazer um post com as que considero melhores. Até me arrependo de não ter pensado nisso antes, pois a vontade que tive foi de reunir as melhores frases da série inteira!
Então, aqui vamos nós com aquelas que separei:


"Não pode comer amor, nem comprar um cavalo com ele, nem aquecer os salões numa noite fria." (Lição de Tywin Lannister para Jaime, em lembrança de Cersei. Página 154).

"O Arquimeistre Rigney escreveu um dia que a história é uma roda, pois a natureza do homem é fundamentalmente imutável. O que aconteceu antes irá forçosamente voltar a acontecer, ele disse" (Lorde Rodrik Harlaw, em conversa com Asha Greyjoy. Página 251).

"Os corvos lutam pela carne de um morto e matam-se uns aos outros por seus olhos. [...] Tivemos um rei, depois cinco. Agora tudo que vejo são corvos em disputa pelo cadáver de Westeros." (Lorde Rodrik Harlaw, em conversa com Asha Greyjoy. Página 154).

"Ele trocou os bebês para proteger o pequeno príncipe, para mantê-lo longe das fogueiras da Senhora Melisandre, longe de seu deus vermelho. Se ela queimar o filho de Goiva, quem se importará? Ninguém, a não ser Goiva. Ele era apenas uma cria de Craster, uma abominação nascida do incesto, não o filho do Rei-Para-Lá-da-Muralha. Não serve como refém, não serve como sacrifício, não serve para nada, nem sequer tem nome." (Samwell Tarly, abordo de um navio em viagem para Bravos. Página 339/340).

"Nunca houvera homem que amasse as esposas com metade do amor que o Senhor Capitão tinha por seus navios." (Victarion Greyjoy, em reflexão sobre sua tripulação e sua frota naval. Página 385).

"Todos mentem quando têm medo. Alguns contam muitas mentiras, outros só algumas. Alguns têm só uma grande mentira que contam com tanta frequência, que quase chegam a acreditar nela... embora uma pequena parte de si saiba que continua a ser uma mentira, e isso transparece-lhes no rosto." (Sacerdote do Deus de Muitas Faces, em conversa com Arya Stark. Página 469).

"Quando as neves caem e os ventos brancos sopram, o lobo solitário morre, mas a alcateia sobrevive." (Arya Stark, ao abandonar seus pertences em um canal de Bravos. Página 479).

"No jogo dos tronos, até as peças mais humildes podem ter vontade própria." (Petyr Baelish, em conversa com Sansa Stark. Página 502).

"As palavras são vento [...]. Não podem machucá-la. Deixe-as passar por você como água." (Brienne de Tarth, ao ser ofendida por Lorde Randyl Tarly. Página 548).

"Nossa vida é como a chama de uma vela, segundo a Estrela de Sete Pontas. Qualquer brisa errante pode nos apagar. A morte nunca está longe neste mundo, e sete infernos esperam os pecadores que não se arrependem de seus pecados." (Lancel Lannister, em conversa com Jaime Lanister. Página 682).

"Nós os enterramos lado a lado, Stark e Lannister, Blackwood e Bracken, Frey e Darry. É este o dever que o rio nos pede em troca de todos os seus presentes, e nós o cumprimos o melhor que podemos." (Irmão Mais Velho, dando explicações a Brienne de Tarth, Podrick Payne, Sor Hyle Hunt e Septão Maribald, na Ilha Quieta. Página 696/697).

"Vocês de Westeros transformam o amor em vergonha. Não há vergonha em amar. Se seus septões dizem que há, seus sete deuses devem ser demônios. Nas ilhas, sabemos melhor das coisas. Nossos deuses deram-nos pernas para correr, narizes para cheirar, mãos para tocar e sentir. Que deus loucu e cruel daria a um homem olhos e depois lhe diria que deve mantê-los fechados para sempre e nunca olhar toda a beleza do mundo? Só um deus monstruoso, um demônio das trevas." (Kojja Mo, marinheira das Ilhas do Verão, repreendendo Samwell Tarly em viagem para Vilavelha. Página 788).

"Se nunca falarmos sobre isso, logo esqueceremos, e então terá sido apenas um pesadelo [...]. Os pesadelos nunca se tornam reais." Melara Heterspoon, amiga de infância de Cersei, em sua lembrança da visita à bruxa que lhes previu o futuro. Página 813).

"Na árvore da forca, todos os homens são irmãos." (Lembrança de Brienne de Tarth sobre um livro lido há muito tempo, trazida à tona após o encontro com vários corpos enforcados nos arredores de Salinas. Página 816).

"O que é perigoso é ter nascido plebeu, quando os grandes senhores jogam seu jogo dos tronos." (Septão Meribald em resposta a um comentário de Sor Hyle Hunt, nos arredores de Salinas. Página 819).

"Se isso for outro sonho, está na hora de acordar. Se isto for real, está na hora de morrer" (Brienne de Tarth, ao ser enforcada por membros da Irmandade sem Estandartes. Página 957).


Essas são as frases que achei mais marcantes e reflexivas, que imaginei que poderiam tocar também outras pessoas. Eu gostaria apenas de lembrar que li o livro em sua edição econômica, e portanto, a numeração das páginas está de acordo com a edição consultada. Por isso, citei alguns detalhes a respeito de cada frase para facilitar que sejam encontradas na edição normal.

Por: Lethycia Dias

2 Comentários

  1. Meu série preferida é GoT. Ninguém pode negar definitivamente o sucesso do Game of Thrones 7 , estou surpreso toda a produção por trás da série. No começo eu não estava convencido de que ela, mas como a história progrediu, eu realmente se tornou um fã. Ancho que esta nova temporada é muito emocionante. Sucesso está assegurado. Eu amo o elenco.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não sei dizer se é minha série preferida, mas eu definitivamente gosto muito - tanto dos livros quanto da adaptação. O sucesso realmente é estrondoso. Eu adorei essa temporada, foi incrível!

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Entre em contato conosco!

Nome

E-mail *

Mensagem *

Veja quem me segue:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...