Confira!



A última segunda-feira, 25 de julho, foi o Dia do Escritor. A ansiedade de publicar minha reportagem sobre o trabalho de blogueiros e youtuber's era tanta, que acabei não publicando nada especial aqui no blog, apesar de ter compartilhado várias postagens na fanpage do blog. Mas eu fiquei atenta à data, e passei um bom tempo me questionando o que poderia preparar para publicar por aqui, mesmo com dois dias de atraso.
E acabei chegando à conclusão de que o melhor seria escrever algo voltado para escritores iniciantes, que é um grupo de pessoas no qual me encaixo. Em vários, blogs, sites e canais devem ter sido publicados textos, imagens e vídeos homenageando escritores consagrados. Portanto, decidi me voltar para aqueles entre nós que têm menos visibilidade: os que são pouco conhecidos e também os que ainda nem chegaram a publicar.
Por isso, agora você confere 10 frases que todo escritor iniciante já ouviu de parentes, amigos ou mesmo de leitores.

Todo escritor iniciante já ouviu isso


1- "Não vai terminar de escrever esse livro?"
Quando se está começando, tudo é difícil, até mesmo continuar fazendo aquilo que nós gostamos. Quase sempre, nos dedicamos a muitas outras coisas além da escrita, e então falta tempo para nos dedicarmos da forma que queríamos. Também existe o bloqueio criativo, o medo de que aquela história não esteja assim tão boa, a falta de perspectiva sobre a publicação, e até a baixa autoestima causada por recusas de trabalhos anteriores. Os nossos amigos e familiares nem sempre entendem isso.

2- "Então por que eu nunca vi nenhum livro seu nas livrarias?"
Essa é clássica! Como explicar para aquele amigo engraçadinho que os livros que chegam à Saraiva e à Cultura são aqueles com os quais as editoras estão fazendo um bom trabalho de marketing, e que elas têm certeza de que vão vender bem? Que em destaque na vitrine estão apenas os best-seller's estrangeiros, os livros de escritores já consagrados ou aqueles são certeza de venda? O nosso livro a gente vende indo em escolas e feiras de livro, abrindo uma conta no Mercado Livre, divulgando diariamente pela internet, enviando com pedido de resenha para blogueiros e youtuber's.

3- "É melhor você desistir. Não dá pra ganhar dinheiro com livro no Brasil!"
Nessas horas você se arrepende por ter falado que escreve. Dá pra ganhar dinheiro com livro no Brasil, sim! As grandes editoras e livrarias, aliás, ganham muito. Os poucos escritores que alcançaram o patamar de celebridade e que começaram a ter suas obras traduzidas para vários idiomas também devem ganhar muito. E aqueles que tiveram a sorte de chamar a atenção do mercado editorial logo no início de carreira, e que após alguns anos começaram a fazer grande sucesso, também devem estar ganhando alguma coisinha. Acontece que poder viver só de literatura é um golpe de sorte assim como em várias outras profissões. É como ser um jogador de futebol famoso e milionário: alguns conseguiram isso, mas quantos não ficaram perdidos no anonimato do caminho? Mesmo assim, isso não é um motivo para que você desista do seu sonho.

4- "Vai morrer de fome!"
Essa é uma variação da anterior. Também costuma ser dita pelo amigo engraçadinho, ou pelo parente que prefere diminuir as pessoas ao invés de incentivá-las. Será que ele se acha um gênio por ter chegado a essa conclusão? Será que ele não imagina que você mesmo já não pensou nisso durante seus momentos de pessimismo? É claro que você já pensou, embora prefira ter um pouco de esperança. E é por ter pensado assim que você ainda não abandonou tudo pra ir viver com seu computador em um lugar isolado, onde poderia passar os dias escrevendo. É por isso que você continua estudando, trabalhando e tendo uma vida normal como a de qualquer outra pessoa. Não é mesmo?

5- "Ta escrevendo um livro? É sobre o quê?"
Essa não incomoda tanto. Talvez seja uma das poucas que não incomodam. Você encara mais como uma manifestação de curiosidade, e talvez até carinho, dependendo de quem perguntou (e também da forma como perguntou). Mas então você lembra que ainda está na fase de planejamento da sua história, ou que ela ainda está um pouco indefinida, e você não tem certeza de qual rumo vai tomar. Aí você fica meio sem graça , sem saber como responder, e começa a enrolar. No final, você tem a certeza de que a pessoa não entendeu o que você quis dizer!

6- "Você trabalha também, ou só escreve?"
Essa dá vontade de chorar. Quem pergunta isso não imagina que o processo de escrita é um trabalho mental muito difícil, que exige concentração, dedicação, pesquisa e muita prática! Não é  sentar em frente à mesa e escrever.

7- "Quando você ficar famoso eu vou querer um autógrafo!"
Eu considero essa como uma tentativa de ser amigável. É mais ou menos quando digo que estudo Jornalismo, e as pessoas respondem "Então daqui a uns anos eu te vejo na Globo!". Nessas horas, a gente dá um sorriso meio sem graça também, porque a profissão de escritor é muito incerta. E não, nem todo escritor é famoso! A maioria deles não é. Vários dos autores de livros hoje considerados "clássicos" não obtiveram nenhum reconhecimento quando ainda eram vivos. Mas leva tempo explicar isso, e então a conversa morre assim, com você sem saber como responder.

8- "Quando é que vai ser publicado?"
Ah, essa pergunta nem você sabe como responder! Quando, pelo amor de Deus, você vai conseguir publicar seu primeiro livro??

9- "Quero meu nome na dedicatória!"
Acho que essa é outra daquelas frases mais ou menos carinhosas, que a gente não sabe muito bem como responder. Na dedicatória estão os nomes das pessoas mais especiais para o escritor, aqueles que colaboraram ou que fizeram diferença de alguma forma. Mas eu imagino que as pessoas cujo nome aparece na dedicatória não costumam ter pedido isso.

10- "Cria um personagem com meu nome?"
Acho que essa é a mais engraçada de todas as pérolas que a gente costuma ouvir. Também não chega a incomodar, apesar de surgir nos momentos mais inesperados. Também acho que não somos só nós iniciantes que ouvimos essa pergunta, mas também aqueles que já escrevem há um bom tempo. Alguns escritores homenageiam pessoas criando personagens, ou então satirizam ou criticam pessoas públicas ou figuras históricas. Mas é mesmo uma situação muito estranha quando alguém pede isso pra gente.


A intenção desse post foi de ironizar algumas das frases que nós, escritores iniciantes, ouvimos de vez em quando. Minha intenção era também de prestar uma singela homenagem a quem está no início da carreira, e que não sabe se vai conseguir grande coisa com a escrita. E para aqueles que ainda não tem nenhum livro publicado, quero dizer que não se sintam mal. Vocês também são escritores, e um dia também serão lidos.

Por: Lethycia Dias

12 Comentários

  1. Oi, Lethy!
    Realmente a frase 6 dá vontade de chorar e matar ao mesmo tempo...
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não sei dizer qual delas me dá mais raiva. Mas acho que 6 é realmente trágica de se ouvir.

      Excluir
  2. Excelente texto. Posso republicar no blog que estou escrevendo sobre o meu livro?

    Link: http://lucascoe-acidade.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Lucas. Eu aceito a reprodução do texto desde que você dê os devidos créditos, citando meu nome e deixando o link do meu blog.

      Excluir
    2. Agradeço pelo interesse. Deixe o link aqui quando publicar! :)

      Excluir
  3. Me identifiquei bastante com o post .. Já comecei vários livros e abandonei por causa da opinião das pessoas.Agora tenho 2 em mente mas só um amigo que me apoia muito,sabe disso!! Beijos e parabéns pelo post!

    http://escolidivas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu aprendi na prática que eu o melhor é mesmo a gente começar os nossos projetos sem contar pra muita gente. Podemos contar pra quem é de confiança, pra quem a gente sabe que vai dar aquela força, ou que vai fazer uma crítica das boas (com fundamento). Assim, a gente trabalha direito. Mas não desista!

      Excluir
  4. Essas frases hahahah, já falei algumas não nego, mas já ouvi outras muito piores... Já chegaram para mim e perguntaram se eu estava escrevendo uma fic sobre RBD...
    Beijos,
    www.hitsdomomento.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nossa! Nem imagino como deve ter sido! kkk

      Excluir
  5. Poise ninguém nunca me disse que ia ser fácil ter que suportar as opiniões negativas de pessoas, Estou escrevendo uma história de uma garota que viaja pelo futuro para encontrar suas amigas e realmente não está sendo fácil lidar com certas coisas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mas não desista, Teresa! Vá ignorando essas coisas. É um projeto seu, e as outras pessoas não têm como saber o quanto isso deve ser importante pra você. Continue escrevendo :)

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Entre em contato conosco!

Nome

E-mail *

Mensagem *

Veja quem me segue:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...