Confira!



Para quem gosta de contos, decidi fazer aqui uma seleção com alguns dos meus preferidos, que me sinto incapaz de esquecer. Os critérios que usei foram simples: eles me emocionaram, me chocaram, me mantiveram bastante tensa durante sua leitura, ou então me assustaram bastante. Aqui estão eles, acompanhados do nome de seus respectivos autores e um pouco que posso adiantar sobre seus enredos...

1- Pop Art - Joe Hill: Eu o li há apenas alguns dias. Faz parte de uma coletânea que estou lendo, Fantasmas do Século XX, que em breve receberá uma resenha aqui no blog. Narrado por um garoto que procura manter uma má reputação na escola, conta a triste história de Arthur Roth, um menino inflável – sim, eu disse mesmo inflável – e sobre suas imensas dificuldades para sobreviver em um mundo que não compreende as diferenças;

2- A Causa Secreta - Machado de Assis: Por prestar atenção às apresentações de trabalhos escolares, fiquei extremamente curiosa a respeito deste conto, quando um colega de classe falou sobre o que leu. Quando tive acesso ao seu conteúdo, não gostei do que li. Eu amei. Foi inquietante, e ao mesmo tempo assustador. Garcia é um médico recém-formado que torna-se amigo de outro médico, Fortunato, e passa a frequentar sua casa, apaixonando-se por sua esposa, Maria Luísa. Entretanto, a convivência com Fortunato lhe traz algo mais – Garcia começa a perceber que Fortunato é um homem frio e cruel;

3- O Espartilho - Lygia Fagundes Telles: Ainda entre as histórias inquietantes, terei sempre um espaço especial no coração para a narrativa vívida e profunda de O Espartilho, despejada por Ana Luisa, uma órfã criada pela avó preconceituosa que muito influenciou sua visão de mundo. À medida em que investiga a respeito de seus familiares, a menina cujos pais foram mortos num acidente vai percebendo que a família não era tão perfeita quanto pintava a avó, e que nem tudo no mundo realmente é como imaginava. A tensão cresce com seu relato, e enquanto amadurece, tornando-se uma jovem inteligente e questionadora, ávida por liberdade, a protagonista também vive o conflito do medo que a avó, sua única familiar viva, começou a lhe causar;

4- A Mulher dos Meus Sonhos e Outros Sonhos - Rodrigo Fresán: Escrito pelo argentino Rodrigo Fresán, traz a história singular de um homem que tem um poder ironicamente ruim – seus sonhos não se tornam realidade. Muito interessado por uma música de Chico Buarque, Outros Sonhos, em que o eu lírico relata coisas impossíveis, o protagonista de A Mulher dos Meus Sonhos e Outros Sonhos nos conta a respeito de vários de seus sonhos noturnos, e do enorme esforço que faz para que Laura, a mulher de seus sonhos, não venha a amá-lo enquanto dorme;

5- O Rastro do Teu Sangue Na Neve - Gabriel García Márquez: Nena Daconte e Billy Sánchez Ávila, dois jovens ricos e recém-casados que sempre viveram a vida sem muita responsabilidade, dirigem de Madri até Paris, onde passarão sua lua-de-mel. Antes de partir, ao receber um buquê de rosas, Nena furou o dedo em um espinho. Como se fosse um ferimento grave, seu dedo sangra por todo o caminho sem parar. Quando os dois chegam a Paris, Nena é imediatamente internada em um hospital. Billy, sem conhecer nada da cidade e sem saber falar uma palavra em francês, vive momentos de completa solidão enquanto sua jovem esposa padece sem nenhuma possibilidade de tratamento;

6- O Cobrador - Rubem Fonseca: Descrevendo a violência urbana e conseguindo, por isso, ainda ser atual, este conto de Rubem Fonseca me chocou bastante. A narrativa é rápida como um filme de ação, e o personagem principal é um homem que acredita que as outras pessoas (ao menos aquelas que possuem bens de valor) estão lhe devendo tudo aquilo que lhe falta. Ele então irá persegui-las, como um bom cobrador;

7- Conspiração - Moacyr Scliar: Em Conspiração, que li pela primeira vez em um livro didático do colégio, um garoto, Francisco Pedro, tem de escrever uma redação na aula de Português, em que dona Marta, a professora de canto, está como substituta. Alvo de piadas, ela não é muito querida pelos alunos. Francisco Pedro cria em sua redação uma narrativa em que pessoas num país distante lutam contra uma ditadura de cegos. Sendo escolhido para ler sua redação em voz alta, o aluno não pode revelar à professora substituta o que escreveu. Resolve, então, inventar. Improvisa a narrativa de um passeio pelo campo, emocionando a professora. E logo depois, para impedir que ela leve sua redação para casa, ele faz algo que a magoa profundamente. Com o fim, percebemos o quanto uma criança pode ser cruel sem perceber;

8- A Balada do Neurótico - Cícero Fernandes Pereira Leitão: Publicado na antologia do Concurso Literário Brasília É Uma Festa, do qual também participei, este conto nos traz bastante mistério na Capital Federal. Em um restaurante, o tenente coronel Palmares recebe uma estranha pasta com documentos que sugerem que um misterioso homenzinho (presente em fotografias) seja o culpado por diversas tragédias que ocorreram nas últimas décadas. Lembrando-se de que naquele mesmo dia a presidente se apresentará em solenidade oficial, ele precisa impedir que algo terrível aconteça. Mas será que acreditarão em sua palavra?

9- O Gato Preto - Edgar Allan Poe: Neste famoso conto de Edgar Allan Poe, o narrador-personagem é um homem que amava animais, e que vê sua personalidade mudar drasticamente com o passar do tempo, logo que ele e sua esposa adotam um belíssimo gato preto;

10- A Pata do Macaco - W.W. Jacobs: Em A Pata do Macaco, que acredito ser o mais assustador e mais envolvente conto desta seleção, o terror está naquilo que não é revelado. Ou melhor, naquilo que sequer chega a acontecer. O Sr. White, um homem já velho, recebe um estranho objeto capaz de realizar desejos, com o porém de que nada acontece como realmente esperamos. Quando seu filho morre em um horrível acidente (causado por um desejo que se realizou da forma errada), sua esposa quer trazê-lo de volta. A campainha toca, e é impossível controlar a tensão enquanto o Sr. White tenta impedir sua esposa de abrir a porta.

Estes são alguns de meus contos preferidos. Li alguns em livros, e outros, na própria internet, e me apaixonei por todos. Espero que você, visitante, sinta-se instigado a ler alguns deles!

Por: Lethycia Dias

Deixe um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Entre em contato conosco!

Nome

E-mail *

Mensagem *

Veja quem me segue:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...