Confira!

Você alguma vez já se atentou para essas duas partes dos livros, mostradas abaixo?




Certa vez, em um grupo de leitores do Facebook, do qual participo, notei a pergunta de alguém a respeito disso. A pessoa queria saber se os outros também liam a orelha do livro, os agradecimentos e outras partes que podemos dizer que não integram o conteúdo, em si, dos livros. O que as outras pessoas responderam não tem a menor importância. O que devemos observar é que, se estão lá, é porque espera-se que alguém as leia.
Como leitora compulsiva (e talvez até um pouco maníaca), eu digo que leio tudo. Tudo mesmo. Desde o título e a sinopse, até as informações do autor, geralmente no final. Faço isso sempre, como uma espécie de ritual para iniciar e finalizar cada leitura. Vou lendo tudo, para conhecer o máximo possível sobre o objeto à minha frente. Me informo sobre a edição e o ano em que foi publicada; leio a introdução e as notas da editora, quando há; e os agradecimentos, sempre; quando chego ao fim, caso haja, leio também os comentários do autor ou do tradutor. E, por algum motivo, minha leitura fica muito melhor assim. Talvez seja só uma mania de leitora enjoada. Ou não.

Decidi incluir aqui o pouco que entendo sobre essas partes que algumas pessoas consideram como "anexos", e que nem sempre leem.

Orelha: nessa parte, em geral, há detalhes sobre a história, um pouco mais do que podemos ler na sinopse. Também é possível encontrar as críticas recebidas. E, no final, um pequeno texto sobre o autor, às vezes acompanhado de sua fotografia;
Informações da obra: é onde se pode encontrar todos relacionados ao livro que se tem em mãos, como se fosse sua carteira de identidade. É lá que se encontram o ano de publicação, o nome de tradutor, do revisor e de quem fez a capa. É onde está o ISBN, código muito importante. Às vezes encontra-se nessa página até o mesmo o tipo de papel utilizado na impressão;
Introdução e/ou apresentação: como os nomes já dizem, são os primeiros comentários a respeito daquilo que você vai ler. Também podem aparecer na forma de um prefácio, geralmente escrito pelo editor, ou por algum outro escritor, ou estudioso do gênero em questão que dirá, de maneira formal, suas impressões;
Agradecimentos: é o lugar onde o escritor expressará todo o seu carinho pelas pessoas que o acompanharam durante o processo de preparação do livro. Essas pessoas são, em geral, os familiares, o editor ou algum amigo;
Dedicatória: mais um espaço para o escritor, que dedicará a obra a alguém especial. Algumas são feitas especialmente para os leitores;
Comentário do autor: caso haja necessidade, o escritor explicará algo acerca de sua obra, como se conversasse diretamente com o leitor. Poderá dar detalhes sobre o processo de criação, as pesquisas que teve de fazer, as pessoas com quem conversou e lugares que visitou. Pode também acrescentar os fatores que lhe serviram de inspiração;
Comentário do tradutor: geralmente localizado no final, é onde o profissional responsável pela tradução de uma obra estrangeira nos fala de certas características e peculiaridades que tornam o text traduzido um pouco diferente do original;
Informações do autor: uma breve biografia, contendo seu lugar de origem, alguns poucos detalhes de sua vida às vezes sua idade e formação acadêmica.

Como se pode perceber pelo resumo acima, são detalhes muito importantes, que certas vezes completam a leitura. Além de se aventurar pela história contada no livro, o leitor pode também saber tudo o que tem direito sobre sua publicação, e sobre quem o escreveu.

Por: Lethycia Dias

Deixe um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Entre em contato conosco!

Nome

E-mail *

Mensagem *

Veja quem me segue:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...